Bailarina em silêncio

Publicado: 17 de setembro de 2010 por Elisa Gouvêa em Diversos
Tags:, ,

“A heart that hurts, is a heart that works.”

Canso de ouvir reclamações, lamentos principalmente de corações partidos…
Sejam por família, amor, ou por amigos, ou pq nada deu certo…mas principalmente pela dor.
Deveriamos sorrir pela dor, não pq ela seja boa, na realidade seja ela física ou psicologica ela esta ali mostrando q tem algo errado que deve ser resolvido, mas se você sente dor, é pq esta vivo!
Se o mundo não é perfeito, SORRIA! Se ele não é, significa que nos tambem não somos, e se não somos podemos ser melhores e fazer-lo melhor também. Nada acabou, tudo tem continuação e é para isso que se deve viver, pra mudar alguma coisa, mas para melhor. Se dói, é pq esta vivo.

É de costume a reclamanção de que não tem como se salvar só pq vamos morrer um dia. E vamos. Mas se for pra morrer, q seja doce.  Se for pra viver, q não seja como uma pedra , q fica no caminho, sem era nem beira. E q não seja como uma nevasca pesada, que esfrie quem estiver próximo…

Quando era pequena, meu sonho era ser bailarina…desde sempre gostei de música, e dançava, dançava, dançava…tudo podia dar errado mas eu estava ali, comigo mesma no ritmo do meu coração em silêncio, torcendo pra música não acabar…
Gostava daquela sala vazia, de poder cantar no tom que eu quisesse, de rodar, rodar e rodar, na ponta dos pés, desfacelandoos mesmo com as sapatilhas, e rodar e rodar, saltar e ninguem pra pertubar, do meu pé sangrar e eu a sorrir e cantar a sujar o chão.
Sentir o vento no rosto, rodar e rodar…
Bailarinas são mais do que dançarinas magrelas… são equilíbrio, paixão, dor e fantasia…são a coisa mais viva do mundo.

Onde eu queria chegar…é que as vezes fazemos muito barulho e nos descabelamos atoa. Ninguem tem de ser feliz sempre, nem achar q é normal sofrer o tempo todo. todos os sentimentos fazem parte da vida e todos eles são bons da sua maneira.
Pra que fazer um drama sobre coisas tão pequenas? E por que gritar tanto q esta ferido e comproblemas se dar pra ver no seu rosto em silêncio?
Todas essas coisas não levam a nada e ainda afastam as pessoas que poderiam ajudar em algo… viva para viver melhor, ser melhor, da sua maneira.
Muita coisa da errado e muita gente é tão filha da puta que da vontade de matar! Mas vingança não leva a nada…não da alivio algum, só passa a ser mais uma pessoa agindo errado….
Só fere quem já esta/foi ferido, e pra ele não fara a diferença mais um sofrimento…é perda de tempo.
Não sou a favor do silêncio nem da impunidade. Quem erra deve assumir o erro e pagar por ele, mas não se deve causar mais transtornos ao redor do q já aconteceu … passado é passado. Não sou a favor do esquecimento, mas de deixar pra lá e seguir em frente em paz, pq ficar fazendo guerra de nervos? Não adianta nada, só piora …

É na calma e na paz que as coisas se resolvem, e não voltam a aparecer novamente.

É facil falar disso quando se esta num momento feliz neh? No final o mocinho e a mocinha sempre ficam juntos (essa foi pra vc amor , smack!) mas é uma coisa importante. A saida de todos os problemas e a cura esta sempre dentro de nos mesmos. Procurar resolver as coisas sem causar mais estrago é uma coisa de que sinto falta. Por ai só tenho visto muito barulho, poucas resoluções felizes, pessoas frustradas e cansadas…

Já esta na hora de mudar essa mentalidade de que vingança deixa alguem feliz, de que revoluções estéricas e barulheira resolvem (isso só irrita e os deixa sabendo de que continuam insatisfeitos com o fato…) e de que a dor é algo ruim e que não deveria existir.

comentários
  1. Jess disse:

    Olha, ontem mesmo estive vendo seus desenhos e prestando especial atenção à bailaria. Muito belo. Eu sou otimista, gostaria que existisse uma fórmula que fizesse as pessoas acreditarem em coisas assim… “Olhe para dentro.”

  2. Blue disse:

    “Um coração que dói é um coração que funciona” de quem é a frase?

  3. Elisa Gouvêa disse:

    É da banda Placebo, curto muuuito demais eles. Musicalmente falando não tem nada demais, mas o estilo deles é demais, as letras são muito reflexivas, eles sao icone de libertação sexual e msm sendo drogados eles tem sentido…sei la eu gosto xD

    Brigada, beijos blu

  4. Jess disse:

    Não seriam iguais, só compartilhariam alguns ideais… Acredito no equilíbrio da força, no termo mais cinéfilo, o exagero e/ou a falta são quase sempre danosos.
    Acho que já vi, são muito legais. :)
    Acho que alguns (muitos) consideram a moeda muito sem graça. Eles não querem trazer a paz com a guerra, mas fazer a guerra pela paz.